Infraestrutura de São Gonçalo do Amarante é destaque nacional

15/01/2016


Foto: Divulgação
Com a manchete “100 cidades pequenas que dão um show de infraestrutura” a versão online da Revista EXAME publicou na manhã desta segunda-feira (11) reportagem mostrando que São Gonçalo do Amarante/RN desponta em segundo lugar entre os municípios de até 100 mil habitantes em um ranking que faz parte da pesquisa “As melhores cidades do Brasil para fazer negócios”, elaborado com exclusividade pela consultoria Urban Systems para a revista EXAME.
 
O prefeito Jaime Calado, que faz aniversário de 65 anos na próxima quarta-feira (13), recebeu a pesquisa como um presente e que vem coroar o trabalho de sete anos como gestor municipal. “É gratificante ter mais um reconhecimento nacional, por um trabalho que é feito em equipe, e antes do final do nosso segundo mandato com uma repercussão tão positiva”, comemorou.
 
No ranking, São Gonçalo é a única cidade da região Nordeste entre as 20 melhores posições e uma das duas do Rio Grande do Norte. A outra cidade potiguar que surge entre as 100 melhores cidades é Ceará-Mirim em 83º lugar, dois municípios administrados por prefeitos do Partido da República (PR). A avaliação levou em conta três indicadores, como o número de casas com internet fixa de alta velocidade, índice de perdas na distribuição de água e a quantidade de vezes em que ocorreram paralisações no sistema de distribuição de água. Cada indicador recebeu um peso de acordo com sua relevância – totalizando 12 pontos.
 
“Entre todas as ações de desenvolvimento executadas no nosso governo a revista analisou três indicadores e tivemos boa avaliação. Fizemos investimento com recursos próprios na área de informática e implantamos internet banda larga em 100% das escolas e em todos os órgãos da gestão municipal. Outro ponto avaliado positivamente foi o trabalho de melhoria do abastecimento e distribuição de água no município com ampliação de redes, perfuração de poços, construção de novos reservatórios, implantação de nova rede de água em seis comunidades e a construção, em parceria com o governo federal, do novo sistema de abastecimento de água no valor de R$ 83 milhões e que vai garantir água de boa qualidade para os próximos 50 anos”, enfatizou o prefeito Jaime Calado.