Amistoso: De virada, Brasil faz 3 a 1 na França

26/03/2015


Foto: AFP
Com uma atuação convincente, o Brasil venceu a França por 3 a 1, em amistoso disputado nesta quinta (26) em Paris, e chegou ao sétimo triunfo seguido neste retorno de Dunga. De quebra, espantou os fantasmas do Stade de France, onde a Seleção jamais havia vencido nem marcado gols em quatro jogos, o primeiro deles na final da Copa do Mundo de 1998, quando os donos da casa fizeram 3 a 0.
 
Dunga escalou o time no 4-4-2, com a linha de meio-campo bem definida: Willian pela direita, Elias e Luiz Gustavo centralizados e Oscar aberto na esquerda. Ao lado de Roberto Firmino no ataque, Neymar tinha liberdade para flutuar pelo meio e laterais para armar o jogo.
 
Com Firmino de "falso 9", o camisa 10 brasileiro tinha dificuldades em trabalhar a bola. Faltava infiltração de Oscar e Willian, que também voltavam para buscar o jogo, mas sem ímpeto ofensivo. Bem postada, a França começou a se lançar para a frente. Aos sete minutos, Valbuena cobrou escanteio, Sakho desviou e Benzema cabeceou sozinho, alto. Mas Jefferson fez uma bela defesa com uma mão só.
 
A primeira finalização brasileira veio aos 20. Neymar recebeu na ponta da área, pela esquerda, e chutou cruzado. Mandanda caiu para defender. Porém, um minuto depois, em outro escanteio, Varane subiu mais alto para cabecear no canto esquerdo de Jefferson. Estava aberto o placar, com falha de marcação de Miranda.
 
O Brasil mantinha a posse de bola (55%), porém, parava na boa marcação francesa. Aos 29, Firmino conseguiu arrematar de fora da área e obrigar o goleiro a mandar para escanteio. E o empate veio aos 40. Oscar recuperou a bola na entrada da área e tocou para Firmino, que brigou com o zagueiro e devolveu ao meia já na saída do goleiro. Oscar apenas desviou de Mandanda.
 
Para o segundo tempo, nenhuma mudança. Mesmo com o jogo equilibrado, o Brasil obteve a virada aos 11 minutos. Oscar roubou a bola no meio, passou para Elias, que acionou Willian. Ele avançou e encontrou Neymar entrando na área pela esquerda. De canhota mesmo, o craque brasileiro fuzilou para o gol.
 
A França respondeu em três lances quase seguidos. Primeiro, Jefferson saiu nos pés de Sissoko para evitar a finalização quase na pequena área. Depois, Benzema perdeu gol feito, sozinho, ao mandar para o alto um lançamento de Valbuena. O goleiro brasileiro voltou a brilhar em chute de fora da área no ângulo de Griezmann.
 
Mas quem ampliou foi o Brasil, aos 23. Após Mandanda colocar para escanteio bela finalização de Oscar, Willian cruzou e Luiz Gustavo contornou a marcação para cabecear firme no canto direito. Com a vantagem no placar e o controle do jogo, Dunga colocou Luiz Adriano, Douglas Costa, Fernandinho e Souza nos últimos 10 minutos. A vitória estava garantida.
 
A seleção brasileira volta a campo neste domingo (29), em Londres, onde enfrenta a equipe do Chile.
 
FICHA TÉCNICA
 
FRANÇA 1 x 3 BRASIL - Stade de France, em Paris
Gols: Varane (F), aos 21 do 1º T / Oscar (B), aos 29 do 1º T / Neymar (B), aos 11 do 2º T / Luiz Gustavo (B), aos 23 do 2º T
 
FRANÇA
Mandanda; Sagna, Varane, Sakho e Evra; Schneiderlin, Matuidi (Giroud, 38'/2ºT), Sissoko (Kondogbia, 28'/2ºT), Griezmann (Fekir, 28'/2ºT) e Valbuena (Payet, 36'/2ºT); Benzema / Técnico: Didier Deschamps
 
BRASIL
Jefferson; Danilo, Miranda, Thiago Silva e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Fernandinho, 44'/2ºT), Elias, Willian (Douglas Costa, 37'/2ºT) e Oscar (Souza, 39'/2ºT); Neymar e Roberto Firmino (Luiz Adriano, 42'/2ºT) / Técnico: Dunga
 
Arbitragem: Nicola Rizzoli (ITA), auxiliado por Mauro Tonolini (ITA) e Lorenzo Manganelli (ITA)
 
Local: Stade de France, em Saint Dennis

Fonte: Zero Hora