Seis meses após a Copa, Arena Pantanal é interditada em MT

22/01/2015


Foto: Reuters

Seis meses após a inauguração e a realização da Copa do Mundo, a Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), apresenta problemas estruturais. Nesta quarta (21), o estádio foi interditado pelo governo do Mato Grosso devido à presença de infiltrações, alagamentos e defeitos na rede elétrica.

Construída inteiramente com recursos públicos, a Arena Pantanal custou R$ 626 milhões e recebeu quatro jogos do Mundial de Futebol. Desde então, a administração do local tenta equilibrar o orçamento com jogos "caça-níqueis" de clubes de outros estados, visto que o futebol matogrossense não tem rendido o suficiente para sanar as contas. Os problemas do local concretizam os temores do presidente da CBF, José Maria Marín, que antes mesmo da Copa mostrava preocupação com o futuro da Arena Pantanal.

Um dos principais candidatos a ‘elefante branco’, o estádio de Cuiabá agora volta a estar em obras. As correções exigidas pela Controladoria Geral do Estado serão de responsabilidade da empreiteira Mentes Júnior, a mesma que construiu a Arena. O governo diz que não gastará nada com os reparos.

O período de chuvas na região agravou as infiltrações tanto na cobertura quanto na parte interna do estádio. A água chegou a alagar inclusive o gramado, além de comprometer parte da rede elétrica. A expectativa é que a Arena Pantanal esteja novamente apta a receber eventos no início de fevereiro.

Com informações do Portal Terra.