Mais de 5 mil pessoas já morreram em conflitos na Ucrânia, diz OCDE

22/01/2015


Mais de 5 mil pessoas morreram e cerca de 1 milhão de civis foram obrigados a abandonar suas casas por causa do conflito separatista no Leste da Ucrânia nos últimos nove meses, indicou hoje (22) o porta-voz da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OCDE), Michael Bociurkiw.

Segundo ele, foram contabilizados ainda mais de 10 mil feridos, na maior parte civis, vítimas de disparos nas regiões industriais do Leste da Ucrânia.

Nas últimas 24 horas, foram registradas, pelo menos, 34 mortes de civis e militares, em confrontos entre as forças governamentais e os separatistas pró-russos.

Treze civis morreram em Donetsk quando o ônibus em que seguiam foi atingido por um morteiro, de acordo com os serviços médicos da cidade. O governo de Kiev responsabilizou as milícias pró-Moscou pelo disparo contra o veículo de transporte de passageiros.

 

 

 

Fonte: Agência Lusa