Papo rápido com Oliveira Wanderley

14/12/2013

Por: José Pinto Jr.
Como o senhor avalia a eleição de Fernando Mineiro como o deputado do ano de 2013?
Foi uma escolha justa tendo em vista que o deputado Fernando Mineiro se destacou nas comissões técnicas, nas audiências públicas, é um deputado muito presente nas sessões e é um parlamentar que tem demonstrado coerência ao longo dos seus três mandatos. Foi coerente na situação quando foi líder de Iberê Ferreira e continua coerente na oposição. 
 
Quem são os eleitores do Comitê de imprensa?
A escolha do Parlamentar do ano acontece desde de 1982, é uma prática que o comitê realiza todos os finais de ano. Votam os jornalista que são credenciados juntos ao Comitê de Imprensa. 
 
Qual a missão do Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa do RN?
Trata-se de um espaço que tem os jornalistas potiguares. O qual inclui uma estrutura com computadores e telefone para que os repórteres possam cobrir os trabalhos legislativos e enviarem a produção jornalística para seus respectivos veículos. Então, a missão é principalmente oferecer este suporte durante todo o ano. Mas, também temos como missão defender a livre atuação dos jornalista em relação à cobertura jornalística.  
 
O senhor também é presidente do Centro de Estudos e Debates da AL. Qual a função do CED?
O Centro de Estudos e Debates é um órgão da Assembleia que tem como objetivo organizar as audiências públicas que são requeridas pelos deputados. O deputado apresenta o requerimento, e o CED fica com a responsabilidade organiza a audiência, desde o envio de convites e acompanha até o momento final da realização das audiências. Todas estas audiências passam pelo Centro de Estudos e Debates. 

Fonte: Potiguar Notícias