Intérprete para surdos da cerimônia de Mandela era um impostor

11/12/2013

Por: Da AFP

A cerimônia de homenagem a Nelson Mandela deixou indignados os surdos da África do Sul que nesta quarta-feira denunciaram o intérprete dos discursos como um impostor e não conhecia a linguagem do sinais.

"A comunidade de surdos da África do Sul está ofendida", afirmou o Delphin Hlungwane, intérprete oficial da Federação de Surdos da África do Sul.

"Ele gesticulava e movia suas mãos em todos os sentidos. Não tinha gramática, não utilizava qualquer estrutura. Não conhecia nenhuma regra da linguagem. Não traduziu nada", acrescentou.

"Não sabemos de quem se trata, ninguém o conhece. Ele apareceu nesta ocasião e não sabemos como", disse ainda.

O caso do falso intérprete provocou polêmica na África do Sul e inúmeras interrogações. Os serviços de comunicação prometeram dar uma resposta a respeito.

Fonte: Folha de S.Paulo