Papo rápido com João Gregório Junior

20/11/2013

Por: José Pinto Junior
Por que o senhor quer ser presidente do CRC?
Para atender um convite de meus pares e para avançar nas conquistas da categoria de contador que tem grande importância para a sociedade. 
 
Qual o legado do atual presidente Everildo Bento?
Everildo desenvolve um grande trabalho. Organizou o CRC do Rio Grande do Norte, tanto nas lutas da categoria, como deu dignidade aos contadores, organizando estrutura física e criando política de valorização da equipe que toca o conselho. 
 
O CRC tem parceria com o Sistema S? 
Temos e vamos ampliar. Trabalhar este lado social em defesa dos contadores será uma marca forte de meu mandato. 
 
O CRC atende os municípios mais distantes da capital?
Sim. Já é feito este trabalho, mas queremos aprofundar. 
 
A globalização trouxe novos desafios aos contadores?
Claro. Veja que um balanço feito por um contador do Brasil é aceito nos Estados Unidos ou em qualquer outro país. Nós contadores respondemos a este desafio, por isto, queremos um Conselho que contribua com a formação continuada dos Contadores potiguares. 

Fonte: Potiguar Notícias