Ananda Carvalho

19/09/2019
 
Visibilidade Bi
 
Setembro é considerado o mês da visibilidade bi, devido ao dia internacional da visibilidade bi, ou Dia da Celebração Bissexual, ser dia 23 de Setembro.
 
O dia é considerado uma chamada já que para algumas pessoas fora e infelizmente algumas dentro da comunidade LGBTQ+ bissexuais são pessoas que estão passando por uma fase de transição, como se para “decidir”, ou descobrir se são héteros ou gays/lésbicas,  como se só houvesse essas sexualidades, o que é um grande desfavor para a comunidade.
 
É muito falado em discussões sobre, para pessoas que ainda não tem certeza da sua sexualidade não afirmarem que são bi, como se fosse uma fase, até ela chegar a “descoberta” final. Assim como algumas pessoas acham que as pessoas vão e voltam de sexualidade, como se uma garota aparecer namorando um cara ela é automaticamente hétero e caso ela namore uma garota depois ela “virou lésbica”, e assim por diante, nunca parece ter a possibilidade dela ser bissexual.
 
Ou as pessoas acham que alguém bissexual é obrigatório gostar igualmente dos dois sexos tanto no sentido sexual quanto no sentimental, e se você pensar um pouquinho que seja sobre não faz sentido, é como dizer que alguém não pode ter preferências. 
 
Infelizmente o preconceito dentro da própria comunidade lgbtq+ é algo real, não só com bissexuais obviamente. Mas pessoas que acreditam que bi são 50% gay/lésbicas e 50% héteros, é como invalidar a sexualidade de alguém, o que é obviamente ofensivo. Como alguns acham que bissexuais são “privilegiados” por talvez ter um relacionamento com alguém do outro sexual, mesmo sendo uma sexualidade que relacionam com indecisão ou promiscuidade.
 
Enfim, respeitem a sexualidade dos coleguinhas, não importa qual seja clara esta sexualidade.