Renisse Ordine

12/09/2019
 
Cultura latina, por que não?
 
Há um forte questionamento que envolve grande parte dos brasileiros. Sou latino?
 
Afirmo com todas as letras, sim, somos latinos. O nosso idioma se originou do latim, assim como o espanhol e o francês. 
Bem diria Belchior: Sou apenas um rapaz latino-americano. 
 
Diferente do que se diz nas canções que nos ligam às origens latinas, é a nossa real vivência como nação brasileira. Desligada dessa cultura que une toda a América. E nos separa, pelo idioma português. 
 
Um idioma que transformou o imenso Brasil em uma ilha, avesso a toda a cultura latina que nos rodeia, por todos os lados. 
Cultura latina, por que não?
 
Somos um só povo sem dinheiro no bolso. Que sofre as mazelas da invasão e colonização. Descendentes dos índios, os primeiros habitantes dessa imensa terra, na qual pisamos. 
 
Temos tantos ícones nessa nova terra latina: os sertanejos, os Mariachis, Carlos Gardel, Mercedes de Souza, Mazzaropi, Violeta Parra, Chico, João e Nilton Nascimento. São as vozes da América, as que despertam o sangue latino que percorre nossas veias. 
 
Somos Hermanos, por laços ancestrais, que não se dissolvem por mais que o inglês se intrometa em nosso falar, nos neologismos que vão se originando em nosso português.
 Quantos “Despacitos” serão necessários, para que desperte em nós a vontade de fazer ressurgir das cinzas, o espanhol adormecido. Quantas novelas mais precisariam ser exibidas pelo SBT, para que o lado dramático da latinidade exale pela pele. 
 
Será que as nossas crianças só terão conhecimento da beleza da “lengua espanhola” através das novelas argentinas, que invadem as telas do  Disney Chanel? 
 
“Y soy rebelde
Cuando no sigo a los demás”
 
A juventude de pouco tempo atrás, cantou e muito essa música. Foi um fenômeno, nas perdurou. 
 
Pergunto novamente, porque não?  
 
Sermos um país que adote essa cultura de dentro pra fora e não de fora pra dentro. 
 
E cantarmos cada vez mais “ Despacitos”,“Bailando”... Más corazones e menos hearts. 
 
És mucho mejor!