Andrezza Tavares

02/12/2018
 
A relação assertiva entre teoria e prática foi o tema principal evidenciado no Seminário Institucional das Licenciaturas do IFRN
 
                                            
Foto: Rodrigo Nascimento
 
O Seminário Institucional dos Programas PIBID e Residência Pedagógica do IFRN que aconteceu na última terça-feira, dia 27/11/2018, foi um evento que promoveu ampla repercussão entre os envolvidos com a oferta das licenciaturas na instituição. 
 
O distinto evento aconteceu no IFRN, Campus Natal Central e reuniu aproximadamente 400 (quatrocentos) estudantes e professores, conforme podemos observar na fotografia que introduz a presente reportagem. 
 
A foto introdutória apresenta o universo das centenas de bolsistas participantes do evento sendo todos beneficiários da CAPES, principal entidade de fomento para a produção de conhecimento do Brasil. Os participantes da agenda científica em ciências da educação pertencem aos cursos de licenciaturas de diferentes campi do IFRN.  
 
Em entrevista a equipe de reportagem do jornal potiguar notícias, a Coordenara Institucional do Programa PIBID, a Profa. Dra. Keila Cruz, assinala que “O Seminário Institucional dos programas Capes do IFRN (PIBID e Residência Pedagógica) é uma atividade desenvolvida anualmente com vistas a fortalecer a formação inicial e continuada de professores do IFRN perseguindo múltiplos objetivos, dos quais destacamos: a socialização de experiências sobre as práxis dos estudantes, o contato com os gestores institucionais responsáveis pela política institucional, à ampliação da fundamentação teórica por meio de ciclos de palestras e a congratulação dos estudantes, professores e colaboradores da experiência, entre outros”.
Os programas PIBID e Residência Pedagógica são atividades que visam incentivar à formação inicial e continuada de professores e que se destinam a se constituir em alternativas de articulação entre saberes e práticas. 
 
Para o Professor Dr. Fábio Araújo, um dos palestrantes do citado Seminário, “a formação perpassa pela construção de vários saberes: de uma prática reflexiva, de uma teoria especializada e de uma militância pedagógica, constituintes da profissão docente. Quando a formação está articulada à prática docente, ela se chama práxis, e deve se fazer no cotidiano, inclusive, colocando o licenciando para pensar sobre o jogo de forças antagônicas, aguçando o grau de consciência do docente, seja pela visão crítica de mundo que o orienta ou seja pelo contexto no qual a prática acontece”. 
Para o Diretor Geral do IFRN Natal Central, O professor José Arnóbio, “o desenvolvimento de projetos criativos e inovadores possibilitados pelo PIBID e Residência Pedagógica fortalecem o campo da formação epistemológica e das aprendizagens práticas, conduzindo os licenciandos a exercitarem de forma ativa e criadora tão necessária ao trabalhador docente”. 
 
O Êxito com que aconteceu o Seminário Institucional das licenciaturas do IFRN em 2018 é um importante indicador do quanto que os cursos de licenciaturas do IFRN se encontram assertivamente alinhados aos Programas CAPES (Pibid e Residência Pedagógica) que acontecem na instituição. Sobre o desejado êxito, afirma o Pró-Reitor de Ensino do IFRN: “Em nossa instituição, as relações entre os nossos currículos de licenciaturas e os programas de fomento têm se constituído por meio de frutíferos enlaces e diálogos que aproximam o ensino, a pesquisa e a extensão, contribuindo para que a oferta das licenciaturas sejam consolidadas em movimentos cíclicos na busca por aperfeiçoamento. O Prof. Ms. Agamenon Tavares, foi um dos organizadores do gigantesco evento que iluminou a rotina do IFRN Campus Natal Central proporcionando a presença de centenas de jovens imersos em circunstancias científicas para produzir conhecimento sobre Formação de Professores.