Claudino Leite

09/10/2018
PARE E PENSE...
"Castigarei o mundo por causa da sua maldade, e os perversos por causa da sua iniquidade; farei cessar a arrogância dos atrevidos, e abaterei a soberba dos violentos" (Isaías 13:11). 
 
LÁ NA FRENTE...
Domingo, 7 de outubro, cheio de expectativas a Nação Brasileira foi às urnas escolher o novo presidente deste País, amado e idolatrado, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Mas, sem muita inspiração, porém, contemplando às belas dunas do Tirol e o altivo Farol de Mãe Luísa, escrevo este texto sentindo o que muitas vezes passa com o ser humano, sabe? Vejam só: Você entenderá algumas coisas que hoje não entende, e às vezes não aceita. Lá na frente você verá que julgou e não deu certo, na verdade Deus deu um livramento. Lá na frente você olhará para trás e perceberá que tudo o que aconteceu, teve um propósito maior de Deus em sua vida. Lá na frente toda tempestade vai passar, e o vento acalmar. As ondas bravias do mar irão sossegar. Então, você perceberá que nunca esteve só e até no silêncio Deus, o Pai Eterno esteve ouvindo a sua voz embargada, dizendo: “Deus me ajude! Com sua voz melíflua e doce, o Mestre responde, laconicamente: “Filho, sou Eu que enxugo às suas lágrimas e estanco o seu pranto”. E lá na frente, quando você chegar ao porto seguro, olhará para o céu e dirá: “Deus, obrigado! Dessa maneira, teremos um feliz amanhecer!
 
BANCADA EVANGÉLICA
Os evangélicos conquistaram dezenas de cadeiras na Câmara dos Deputados e no Senado, com votação significativa em quase todos os estados brasileiros. Este ano teremos alguns novos nomes na lista da Bancada Evangélica na Câmara, entre eles a cantora Flordelis (PSD-RJ), foi a mulher eleita com o maior número de votos da história do país. Membro da Igreja Batista, a jornalista alcançou 1.078.666 votos. Três pastores conseguiram conquistar uma vaga na Câmara e estarão, pela primeira vez, no Congresso Nacional: pastor Abílio Santana, eleito pela Bahia; o pastor Otoni de Paula, eleito pelo Rio de Janeiro; e o pastor Eli Borges, eleito pelo Tocantins. O pastor Marco Feliciano conseguiu se reeleger por São Paulo, porém teve uma votação menor que no seu segundo mandato, conseguindo uma votação de 239.784 votos. Bem próximo do que alcançou em 2010, quando estreou na política. A bancada religiosa perdeu o seu principal representante: o senador Magno Malta (PR-ES). O senador capixaba ficou em terceiro lugar. O pastor Idekazu Takayama, da Assembleia de Deus no Paraná, presidente da Bancada Evangélica, também não conseguiu sua reeleição. O cantor Irmão Lázaro, que liderava as pesquisas de intenções de voto ao Senado da Bahia não conseguiu votos suficientes para se reeleger. O mesmo aconteceu com o pastor Guaracy Júnior, da Igreja Evangelho Quadrangular no Amapá,  não conseguiu vaga no Senado.
 
NORMALIDADE NAS ELEIÇÕES
A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, disse à grande imprensa que o primeiro turno das eleições de 2018 transcorreu “dentro da normalidade”. A ministra afirmou ainda que as eleições foram “limpas”,“serenas” e “transparentes”, ressaltando o trabalho do tribunal para entregar uma apuração “célere” e “ágil” para a população brasileira.
 
JUSTIFICAÇÃO
O eleitor que não pôde votar no primeiro turno das eleições e não conseguiu justificar a ausência ainda pode preencher o formulário de justificativa eleitoral pela internet ou entregá-lo pessoalmente em qualquer cartório eleitoral. 
 
PONTE AÉREA
Lúcida e talentosa, a jornalista Tarcyla Costa, minha editora no saudoso jornal “Correio da Tarde”,vem se destacando nos últimos anos aos segmentos de assessoria de imprensa (há sete anos é assessora do excelente Cascudo Bistrô) e produção de conteúdo para diversas publicações.Recentemente concluiu mais uma edição do Guia Comercial Ache Aqui, que circula em Natal e região metropolitana norte-rio-grandense. Até o final de outubro, dois outros produtos editoriais com conteúdo e edição assinados por ela chegam ao mercado potiguar – a 219ª edição da revista Telepesquisa, além da 4ª edição da Casta Real Magazine. Morando desde fevereiro de 2017 em um sítio na região do Vale do Ribeira, em São Paulo, atualmente a jornalista trabalha, a maior parte  do tempo, em home office. Porém, a cada três meses ela faz a ponte aérea entre a capital paulista (onde atua com a produção de conteúdo para web e gestão de redes sociais) e a capital natalense.  Um trabalho que merece nosso aplauso.
 
REFORMA TRABALHISTA
O resultado das urnas no caso de deputado federal no Rio Grande do Norte deixou bem claro: valeu muito mais o posicionamento político dos parlamentares, do que os milhões em emendas destinadas ao Estado e a muitos municípios. A reforma trabalhista elegeu e deselegeu. Elegeu os deputados Rafael Motta que votou contra, e Walter Alves que não votou. Elegeu João Maia que não tinha mandato e não votou contra nem a favor, elegeu os novos nomes que surgiram para a Câmara…Deselegeu o relator da reforma, Rogério Marinho, o deputado Beto Rosado, e o senador candidato a federal José Agripino Maia, que no Senado se pronunciou favorável à nova lei, e na Câmara manteve o posicionamento através do filho deputado Felipe Maia. A reforma trabalhista foi fatal também para o senador Garibaldi Filho, que perdeu a eleição com uma diferença de mais de 280 mil votos entre ele e a segunda colocada, a senadora eleita Zenaide Maia (PHS).A reforma trabalhista, por mais explicada que pareça ter sido, não teve ouvidos do eleitorado. O que prevaleceu foi que “a reforma tirou direitos dos trabalhadores”.
 
O LÁPIS
Com ele, podemos escrever nas linhas muito da nossa história.  O amor sincero proporciona grande felicidade. Aproveite cada minuto como se fosse o primeiro. Com o lápis, nada me aborrece, só me fortalece! Com o lápis, escrevo que ser feliz é uma necessidade de todos. O que seria do lápis sem o apontador? O que seria da vida sem as aflições? Aproveite cada minuto como se fosse o primeiro. Espontaneidade, humildade, submissão e amoldamento. Eis a vida do lápis, semelhante e as nossas vidas. O lápis corre de mão em mão, mas cada pessoa tem um sentimento diferente. Enfim, como seria nós se não existisse o lápis? 
 
ELEITORES
Segundo o Tribunal Regional Eleitoral (TER), cerca de dois milhões, 373.619 eleitores foram aptos a irem às urnas no Estado Rio Grande do Norte neste domingo, 7 de outubro para escolher os seus candidatos.
 
TRAIÇÃO A TEMER
Na campanha deste ano, ex-ministros que se aproveitaram dos cargos para viabilizar os respectivos projetos eleitorais, esconderam dos eleitores sua ligação ao presidente Michel Temer. A ingratidão é a marca da maioria das campanhas de 18 ex-ministros, começar pelo candidato a presidente Henrique Meirelles, que chegou a dizer, sem ruborizar, não ser o candidato de Temer, que na verdade o escolheu.
 
PRISÕES NAS ELEIÇÕES
A Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) registrou 33 prisões, durante o pleito, envolvendo crimes eleitorais em todo estado: 20 boca de urna; 4 transporte irregular; 3 compra de votos; 1 roubo; 1 homicídio; 1 desacato; 1 apreensão de material, 1 porte ilegal, 1 desobediência. Os casos ocorreram nos municípios de Santa Cruz, Macau, Natal, Touros, Serra do Mel, São José de Mipibu, Santana do Mato, Pureza, Poço Branco, Pendências, Maxaranguape, Caraúbas, Parnamirim, Jucurutu, Governador Dix-Sept Rosado, Pedro Velho, Mossoró, Venha Ver, Ceará Mirim, Santo Antônio, Baía Formosa e Canguaretama.
 
LUTO NO JORNALISMO
Faleceu em Natal, na madrugada de terça-feira, 09 de outubro último, o colega jornalista Arlindo Freire, aos 84 de idade, vítima de insuficiência renal. Arlindo foi o primeiro presidente do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Norte, na década de 80, correspondente  de o jornal “O Estado de São Paulo”, atuou ainda, na “Tribuna do Norte”, “TV Universitária”, no jornal católico, “A Ordem”, entre outros veículos de comunicação do Estado. Escreveu o livro “Guerra Infinita” acerca do extermínio dos indígenas no Rio Grande do Norte. Manifesto os meus votos de pesar à família enlutada. 
 
PARABÉNS!
Palmas! Com os vivas de felicidade para a minha madrinha, professora Simone Cristina de Lima, pelo transcurso do seu níver, que ocorreu sexta-feira, 05 de outubro,sendo muito cumprimentada pelos seus alunos, amigos e familiares. Longuras de anos e longevidade de vida desejo a nataliciante com as bênçãos de Deus.
 
PRECATÓRIOS
Ao todo, 1980 professores ativos e aposentados da UFRN devem ser beneficiados pela decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) em Brasília (DF), em ação trabalhista concernente a perdas salariais dos Planos Econômicos: Bresser e Verão, que dura 23 anos. A ação, retroativa a 1993, também beneficiará pensionistas de cerca de 20% dos docentes falecidos ao longo do período em que o processo tramitou na Justiça Trabalhista. Mas, ainda há muito caminho a percorrer, pois a Advocacia Geral da União (AGU), deverá entrar com algumas medidas que têm direito no Supremo Tribunal do Trabalho (STT). As medidas são: Ação Rescisória, Agravamento Regimental, Agravo Regimental, Embargo Declaratório, etc... A AGU vai lutar até a última instância e sempre os prazos concedidos à ela, quando se trata da citação das partes serão de 30 (trinta dias). Haja paciência! Afinal, ninguém perde por esperar.
 
VOCÊ SABIA? 
Estás preparado! Jesus vem breve! Estamos esperando.