Cefas Carvalho

05/09/2018
Sobre museus e sobre quem os frequenta (ou não)
 
Uma ruma de amigos vem divulgando texto anônimo sobre que 99% do cariocas jamais foram a um museu e que se o incêndio fosse na fábrica da Ambev todos lastimariam e verdade e etc e tal. Vou nem comentar o humor duvidoso do texto e a informação sem nenhuma base, mas deu vontade de comentar o seguinte:
 
1 - Boa parte dos cariocas vai sim, a museus e centros culturais. As exposições do CCBB e CC Caixa vivem lotadas. O Palácio do Catete e seu museu da República recebem muita visitação de nativos.
 
2 - Não há problema nenhum em não querer/poder ir a museus com frequências. Diferentemente de turistas em passeio, quem mora na cidade - qualquer uma - tem trabalho, IPTU para pagar, filhos para pegar na escola etc. Não me conta que os madrilhenhos todos frequentem com assiduidade o Museu do Prado e quando fui ao Louvre e ao Museé d´Orsay me pareceu que a imensa maioria dos frequentadores eram turistas, não moradores de Paris.
 
3 - Pergunta: Os natalenses que vem debatendo calorosamente a questão do descaso com museus frequentam os museus e espaços culturais em Natal. Eles vão ao Museu Câmara Cascudo? Ao Museu do Minério? Museu Café Filho? Exposições na UFRN?
 
Cartas para a redação.